Pronta para a praia!

Parece que o calor se quer manter, pelo menos é o que nós tem parecido e eu confesso que estou a adorar. Já não podia mais com os dias cinzentos, com o frio e os casacos quentes.

Agora com o calor vem a praia, e com ela devem vir cuidados e proteções para aproveitarmos tudo pelo melhor e sem complicações como escaldões, manchas, ardores, cabelos secos ….

Por isso hoje decidi fazer um post pelo qual se podem guiar quando forem á praia 🙂

Primeiro, se vão fazer um pinique na areia ou no pinhal ao lado, devem ter em conta quais são os alimentos que devem considerar. Também para os lanches não devemos levar qualquer coisa.

Existem alimentos mais resistentes ás grandes temperaturas e são esses que devemos levar, tais como:

  • -água, sumos sem gás e o menos calórica possíveis ou chás 
  • -bolachas sem recheio para não derreter
  • Sandes de frangos, queijo, fiambre… Mas nunca com pastas feitas com ovos essas coisas que se estragam com o calor
  • Pão
  • Fruta

Quanto ao que devem evitar

  • Os molhos, como já referido.

Agora, caso não queiram passar o dia de praia com a barriga inchada, existem outros alimentos que também devem evitar, como

  • Refrigerantes
  • Bebidas alcoólicas
  • Alimentos fritos
  • Salgados e empadas que são muito calóricos e devido ao alto teor de sal vão fazer com que sinta menos cede, bebendo menos ao mesmo temos que a incha mais.

Não se esqueça que o sol pode ser um grande inimigo para a sua pele e para o seu cabelo e por isso quando vai à praia os cuidados devem ser reforçados.

Nos primeiros dias não aposto logo no bronzeador, talvez o melhor seja mesmo um protetor, com uma proteção média. Assim prepara a sua pele para receber o sol e previne escaldões e manchas. O protetor deve ser aplicado uniformemente sobre a pele e mesmo que tenha resistência á água deve ser reaplicado pelo menos de 3 em 3 horas. Após uma ou duas idas á praia (ou mesmo ao piscina, a qualquer sítio onde se exponha ao sol) já deve estar preparada para usar um bronzeado que é aconselhado que tenha alguma proteção nem que seja baixa.

Deixo aqui duas boas opções, de uma boa marca que faz uma boa relação qualidade-preço.

   
 

Nesta altura devemos também usar um protetor para os lábios em vez de o habitual batom hidratante sem qualquer proteção solar.

  
Hoje posso até contar como é difícil e doloroso apanhar um escaldão! No ultimo domingo fui á praia mas não apliquei um protetor alto nem em quantidades indicadas para o tempo que estive exposta ao sol. O resultado fui um escaldão que fez com que praticamente não consegue andar com dores e que só agora passado 3 dias me está a deixar de fazer sentir dores apanhar, ao sentar…. As marcas ainda lá estão e devem estar por bastante mais tempo. Já para não falar no perigo que é para a saúde!!

Para o vosso bem, protejam-se !

Andreia Silva


 

Anúncios

A culpa é do enterro da gata! :D

Após provavelmente 2 semanas estamos de volta! Não sei se já sabiam mas ambas somos estudantes universitárias, mais propriamente este era o nosso ano de caloiras! Escusado será dizer que com a semana do enterros os pc’s se manteram longe 😛

Se querem saber, da minha parte foi uma semana magica e de já tenho saudades. Quem já a viveu, principlamente no seu nao de caloira deve saber do que falo. É talvez inexplicável!

11268937_874830622575648_8944625851745263943_n 10659439_874833885908655_1659352595988575811_n 11012427_10203552846254495_3256896374609764060_n 11203082_10204384105942426_1131546050267552588_n 11202952_828684020548453_8152519495949850097_n

Mas pronto, agora voltou a normalidade e acima de tudo voltou o estudo! Todo acumulado, uma desgraça 🙂

E também voltaram os cuidados alimentarem (redobrados) e as idas ao gym sem falhas após 15 dias sem lá por os pézinhos xD

Tudo isto para vos dizer que não nos esquecemos de voçes, e vamos continuar aqui.

Uma boa semana,

Andreia Silva

Mas

dormir com maquilhagem, nunca!

Numa entrevista à revista Marie Claire americana, James C. Marotta, cirurgião plástico e especialista em tratamentos de pele, explicou que não limpar o rosto é praticamente o mesmo que assassinar a pele e colocar-lhe um rótulo de validade em cima. Isto é ainda mais grave porque significa que a greve de limpeza pode causar despigmentação, secura, vermelhidão, acne e, claro está, um aprofundamento e aceleramento das rugas. Vale a pena acrescentar que, ao dormir com maquilhagem, estamos a aumentar a exposição da nossa pele aos radicais livres que a maquilhagem atrai durante o dia e isto leva à degradação do colagénio e, em consequência, ao envelhecimento precoce.

55394530_770x433_acf_cropped-770x433

Um estudo realizado pela marca L’Oréal Paris concluiu que, na Europa, 82% das mulheres faz uma limpeza diária de pele. Em Portugal, falamos de 47% de portuguesas. Não parece tão dramático, pois não? Mas se analisarmos a fundo, a realidade é outra:

– 37% das portuguesas limpa o rosto com gel de banho,

-24% com sabonete das mãos ou o velhinho azul e branco,

-32% limita-se a passar água no rosto,

-22% faz uso de um tónico.

Há ainda um valor alarmante:

-31% das portuguesas diz que não faz limpeza de rosto porque não tem paciência.

Em 2013, uma jornalista do jornal britânico Daily Mail fez uma experiência ao não limpar o rosto durante um mês e os resultados foram chocantes: os especialistas concluíram que envelheceu dez anos.

Com maquilhagem ou sem maquilhagem?

Se ainda acha que a maquilhagem, por estar cosmeticamente preparada para ser aplicada na pele, não a vai danificar, está enganada. Álvaro Santos, bioquímico especialista em dermocosmética, explicou que “os produtos maquilhantes não contêm propriedades nocivas para a pele, é verdade, e, hoje em dia, além do seu efeito cosmético decorativo, a maioria já contem ativos que a protegem dos agentes externos agressivos, como os raios solares, o ar seco, os fumos ou outros poluentes. Algumas bases têm mesmo qualidades hidratantes e nutritivas. Mas estas funções são apenas acessórias, não protegem a barreira da pele e não impedem totalmente as permutas com o meio exterior. Além disso, facilitam a aderência de poeiras e outras impurezas, daí a obrigação de que seja removida à noite.

E se acha que, por não usar maquilhagem, não tem de fazer limpeza, também está enganada. A pele tem de ser limpa porque está exposta, e esta é a mensagem a reter. Se limpamos diariamente o corpo, que fica escondido debaixo das roupas, faz sentido não limpar o rosto?

Depois de tudo isto surge uma pergunta: então como devemos limpar a pele com eficácia?

Primeiro, deve-se limpar o rosto com desmaquilhante, leite, gel de limpeza ou água micelar. Este é o passo que vai retirar todas as impurezas que se acumularam durante o dia. Quem se maquilha e usa máscaras e sombras de olhos, deve usar produtos específicos para esta zona mais fina porque são menos agressivos e evitam a necessidade de esfregar. Se não tiver desmaquilhante próprio para olhos, opte por água micelar porque a sua fórmula retira mais facilmente a maquilhagem.

Depois de limpar, e esta é uma dúvida de muitas mulheres, é obrigatório passar um tónico na pele ou, na sua ausência, passá-la por água. Cientificamente falando, a nossa pele tem um pH ácido, à volta do número 5, para evitar contaminações externas. Quando limpamos a pele, os produtos de limpeza, que têm pH neutro, deixam a pele com um pH mais elevado, à volta do número 7. E um 7, na pele, é mau. O que o tónico vai fazer é baixar o pH da pele novamente para o 5 — para ela continuar com uma barreira de proteção forte.

Continua a valer a pena estar com preguiça de lavar a cara antes de nos deitarmos? Penso que não!

Rita Maia